Elle Fanning Brasil mobile version
May 31, 2017

10 dias, 23 malas: como Elle Fanning desfilou pelo tapete vermelho de Cannes em 2017

O Festival de Cinema de Cannes de 2017 pode ter acabado, mas os destaques do tapete vermelho serão revisados ​​nos próximos anos. Desta vez, todos os olhos estavam em Elle Fanning. Para promover seus novos filmes, The Beguiled de Sofia Coppola e How to Talk to Girls at Parties, a atriz estreou um guarda-roupa eclético que colocou seu estilo no centro das atenções. “Consideramos o tapete vermelho de Cannes como o mais importante e elegante do ano para o setor cinematográfico”, diz Samantha McMillen, estilista de Fanning. “É uma decepção se você não usar algo realmente especial, memorável e importante”. Isso significou uma estratégia de estilo que começou e terminou com projetos personalizados, a partir de um vestido pintado à mão Vivienne Westwood com tema de unicórnio (criatura mítica favorita de Elle ) à um vestido de princesa de lavanda Rodarte para o grande final.

“Você tem que ter opções, sabe”, explica McMillen, referindo-se às 23 malas que trouxeram para passar 10 dias no sul da França. “Vesta-se como se estivesse na Riviera Francesa – escolha acessórios divertidos e sempre tenha um ótimo par de óculos de sol”. Foram necessários dois meses para criar o guarda-roupa perfeito, onde trocaram inspirações entre as provas de roupa. No photo-call de How to Talk to Girls at Parties, por exemplo, Fanning usou um vestido Prada com o retrato de uma mulher impressa na frente e atrás, que lembrava o cenário futurista do filme. Eles foram numa abordagem parecida para a estréia de The Beguiled. A personagem de Fanning, Alicia, usa lavanda na maior parte do filme, e as designers Laura e Kate Mulleavy teceram o vestido de baile. “Elas colocam tanto trabalho, coração e amor em seus projetos”, diz McMillen sobre trabalhar com as irmãs Rodarte. “Tão único e original, como a Elle”.

Embora cada look fosse adaptado à ocasião, o fio comum era um certo apelo atemporal. Recordando as fotos icônicas dos tapetes de tapete vermelho de Cannes, que estão nos salões dos hotéis locais, McMillen diz: “O objetivo para mim é que se você ver sua foto na parede nos próximos anos, isso resistirá ao tempo.”

Via
Tradução e adaptação por Elisa – Equipe Elle Fanning Brasil;

002.jpg007.jpg014.jpg010.jpg

Outros > Samantha McMillen’s Cannes Diary 2017

Comment Form