Elle Fanning Brasil mobile version
May 21, 2017

QUINZE MINUTOS COM… ELLE FANNING

Como foi o reencontro com Sofia Coppola?
Muito bom! Eu tinha 11 anos quando fiz ‘Somewhere’ com ela. Ela é como uma irmã para mim, e estávamos procurando fazer outro filme juntas. Eventualmente, ela decidiu refazer ‘The Beguiled’, com a elegância que a caracteriza, e eu imediatamente me ofereci para interpretar a garota má. Estava interessada em me ver nesse papel. Eu também estava feliz por encontrar Kirsten (Dunst), a terceira irmã Fanning, e ficar junto desse monte de meninas.

Me lembra ‘Virgin Suicides’. O que o filme trás sobre relações homem/mulher?
É interessante que os papéis são invertidos. Na maioria das vezes, são as mulheres que são o objeto do desejo masculino.

Um filme predominantemente feminino é uma atmosfera que agrada a você?
Muito, é raro. Sofia tem uma maneira de trabalhar que nos une, mesmo antes de começarmos a filmar. Tomamos café da manhã juntas, fazemos aulas de costura, dança, francês. Muita energia feminina emana do seu modo de trabalhar. Dizem que o trabalhar com meninas é difícil, que estamos sempre brigando, com ciúmes. É mentira.’The Beguiled’ prova isso.

Gostou de virar embaixadora de uma marca como a L’Oréal Paris?
Sim, eu vejo o slogan “Porque você vale a pena” uma declaração feminista. Todas as mulheres, de qualquer idade e tipo de beleza, são convidadas a se amar como elas são. Eu venho de uma família onde as mulheres são a maioria, elas são fortes e me ensinaram a ter orgulho de ser uma.

Parece que você não interpreta mais um tipo específico de persnagem. Foi uma decisão consciente?
Acho que sim, os papéis mais interessantes são mais complexos, com mais lados escuros. Todos tempos reviravoltas em nós mesmo, certo? Isso é o que eu gosto neste negócio, interpretar personagens que são completamente o oposto de mim.

Como seu personagem no filme de John Cameron Mitchell?
Sim. Eu interpreto uma alienígena que está na época punk dos anos 70, eu uso um terno amarelo do látex: uma experiência bastante extravagante! John Cameron Mitchell tem um estilo único, estimula a seus atores a irem muito longe. É energizante, né?

Via
Tradução e adaptação por Elisa – Equipe Elle Fanning Brasil!

EFBR006.jpgEFBR007.jpgEFBR006.jpgEFBR007.jpg

Comment Form